Dor Muscular Pós Treino

A atividade física é importante para manter uma vida mais saudável. Todas as pessoas independente da idade devem fazer atividadefísica. Os benefícios de uma vida ativa são muitos, por isso sua recomendação é unanime.

Mas algumas pessoas estranham o desconforto do exercício físico, sentindo um pouco de dor no dia seguinte do treinamento.

O que seria essa dor
Esse desconforto ou dor no pós treino é conhecido como, dormuscular tardia (DMT), ocorre no sistema muscular, em indivíduos que não estão acostumados a prática de exercícios físicos. Praticantes experientes também são acometidos pela (DMT) quando submetidos a exercícios novos, aumento de sobrecarga, intensidade, volume de treinamento, vou dar um exemplo prático: um praticante de musculação aumenta em 5 kg, na carga de treinamento no supino reto, um nadador aumento sua distância de treinamento. É bem comum nesses exemplos que ocorra a dor muscular tardia.

Por que ocorre a dor muscular tardia
O que leva os músculos a ficarem dolorido são as microlesões, pequenas rupturas nessa região, danos nas fibras musculares (célula muscular), que levam a um processo inflamatório.

A DMT ocorre no músculo porque o mesmo não está ajustado ou adaptado para aquele esforço físico. A dor não se manifesta até, aproximadamente, oito horas após o exercício, aumentando progressivamente de intensidade nas primeiras24 horas e alcançando o máximo de intensidade entre24 e 72 horas. Após esse período a dor vai declinando progressivamente levando de 5 a 7 dias desaparece completamente.

A dor muscular tardia é normal
A dor muscular tardia é normal, é um processo fisiológico da musculatura. Isso faz com que os músculos se ajustem (adaptação), e posteriormente fiquem mais fortes. Praticantes de treinamento mais experimentes também sentem a DMT, quando trocam de exercícios e aumentam a intensidade.

Como prevenir a dor muscular tardia
A atitude mais sensata é o aumento aos poucos na sobrecarga de treinamento. Fazer com que o corpo acostume gradativamente com a atividade física. Isso não significa que não sentira o desconforto, mas pode ser em grau mais leve.

Alongamentos podem ser feitos, são benéficos para ganho de flexibilidade. Porém ainda não existe consenso sobre a eficácia para prevenir a DMT.

Então fique atento quando for iniciar um programa de treinamento para não exagerar na dose e posteriormente ficar muito dolorido, principalmente se você não é habituado a prática de exercícios.  Pessoas experientes em treinamento estão acostumadas com os sintomas.

Então ao iniciar os exercícios comece aos poucos para minimizar os sintomas.

Fica a dica!

Clayton Souza- Personal Trainer, Pós Graduado em Fisiologia do Exercício (UNIFESP/EPM).
cleyton.jpg
Clayton Souza - Personal Trainer,
Pós Graduado em Fisiologia do Exercício (UNIFESP/EPM).
Postado: 07/09/2016
Tags:

Deixe o seu comentário

0Comentários

Voltar